Pular para o conteúdo
Voltar

Campanha de Política de Segurança da Informação é abordada na MTI

Assessoria de Imprensa MTI

A | A

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) realiza campanha de Política de Segurança da Informação, que faz parte do Programa de Melhoria da Gestão (PMG). O objetivo é declarar o direcionamento estratégico acerca da segurança da informação, com as diretrizes que norteiam a gestão de segurança de informações e que deve ser observado por todos os agentes públicos, independentes do cargo ou função que ocupam, e por terceiros que, por ventura, venham a ter acesso às informações da Empresa.

O diretor-presidente da MTI, Paulo Borges Junior, explicou que a Política de Segurança da Informação tem como campo de aplicação toda empresa e demais entidades com as quais se relaciona ou venha a se relacionar e que necessitem manter contato com as informações de propriedade ou sob custódia da MTI.

“Os agentes públicos da MTI e terceiros com acesso a informação, tem a responsabilidade com a Empresa. Devemos seguir os princípios da Responsabilidade, Conhecimento, Legalidade, Proporcionalidade e Publicidade”, ressaltou o presidente da MTI.

De acordo com o vice-presidente da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação, Evaristo Fava, a instituição da Política de Segurança da Informação, através da Portaria de Nº 104/2016 publicada em Diário Oficial, visa orientar os agentes púbicos e prestadores de serviços da Empresa em relação à adoção de medidas de proteção adequadas no trato das informações de propriedade e sob a custódia da empresa.

“Esta Política é aderente aos princípios e diretrizes da segurança da informação instituídas pela Administração Pública Estadual do Poder Executivo e está em conformidade com os requisitos do Negócio da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação e com as leis e regulamentações pertinentes”, frisou Evaristo Fava.