Pular para o conteúdo
Voltar

Novo portal facilita acesso aos serviços pelo contribuinte

Simone Ishizuka | Sefaz-MT

Marinha Soares / Sefaz-MT
A | A

O novo portal da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) entrou no ar nesta quarta-feira (24) com uma interface mais moderna e prática, no intuito de atender melhor ao contribuinte do Estado. Separado em duas etapas de estruturação, o site tem previsão de estar completamente pronto até o segundo semestre deste ano.

Com o projeto de sistema ainda mais funcional, o novo portal foi baseado no layoyt do atual site do Governo do Estado, o qual foi planejado para atender às necessidades de quaisquer gestões. De acordo com o secretário Adjunto Executivo (Saex), Vinicius Saragiotto, o processo construtivo ainda estará em execução.

“O lançamento do site faz parte da primeira etapa. Daremos uma nova cara para aquilo que já existe. Todas as matérias, links e tudo aquilo que é existente no novo site permanecerá, para que seja feito de uma maneira que não prejudique o atendimento aos usuários”, disse.

Já a próxima etapa, conforme Saragiotto, consiste em dar mais agilidade de acesso ao contribuinte com o novo sistema. “Estamos analisando importantes referências no mercado para mapear quais são as melhores práticas que temos. Dessa forma, podemos deixar a interface mais simples e melhor possível”, completou.

A previsão é que o portal esteja completo até o segundo semestre de 2017.

Prioridade da gestão

O secretário de Fazenda, Gustavo de Oliveira, afirmou que a concretização do novo portal é uma das prioridades da atual gestão. Segundo ele, a modernização do novo sistema vai facilitar o acesso não somente aos contadores, empresários, e cidadãos contribuintes, mas a toda população.

“Nosso principal objetivo é dar condições de atendimento aos contribuintes diretos, porque desta forma a agilidade será maior e a burocracia, menor. Assim, toda a população será beneficiada”, observou.

Oliveira ainda pontuou que o novo portal vai dar assistência também às próximas gestões, que terão um bom aporte de atendimento ao contribuinte. “Será uma forma de economia, uma vez que temos um portal comprovadamente ágil e de melhor acesso”, finalizou.