Pular para o conteúdo
Voltar

Arena Pantanal sediará dois grandes eventos de inovação

Nayara Takahara / Gae-MT

A | A

Programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares inovadores e originais já podem incluir na agenda de compromissos, para os meses de abril e maio, a realização do Front In e do Hackathon, pela primeira vez na Arena Pantanal.

O Governo de Mato Grosso, por meio do Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE), realizou na última semana uma reunião de alinhamento com os organizadores dos eventos, que confirmaram as datas para os eventos. Antecedendo o Hack In Arena, que será realizado nos dias 30 de abril e 01 de maio, o Front In Cuiabá ocorrerá no dia 16 de abril.

De acordo com o secretário adjunto de Estruturação e Inovação do GAE, Flávio Gomes, o objetivo do Estado é fomentar a comunidade local de desenvolvedores de Mato Grosso ao apoiar realizações que promovam o compartilhamento de conhecimento entre os atores do ecossistema de empreendedorismo e inovação. 

O Front In Cuiabá, por exemplo, será uma edição dedicada à troca de experiências em diversos níveis de programação, afirmou o gestor. “Será um dia inteiro de palestras ministradas por profissionais de renome no setor da tecnologia e inovação. Uma troca interdisciplinar de experiências.”

Para o representante do grupo de Desenvolvedores de Mato Grosso (DEV/MT), Gabriel Pedro, a iniciativa do Governo de apoiar os eventos “traz para perto as comunidades locais”. Segundo ele, é a primeira vez que realizam o Front In e o Hackathon com a parceria do Estado.

Hack In Arena

O Hack In Arena é uma adaptação exclusiva do nome original da famosa maratona de programação Hackathon, que reúne hackers e outros profissionais que passam horas desvendando dados, sistemas lógicos e trabalhando no desenvolvimento de projetos de software e de hardware.

O fim de semana na Arena Pantanal será de imersão no tema Governo Digital, proposto como o desafio para a competição entre os programadores que terão que pensar em um banco de ideias voltadas para a administração pública estadual.

“Ao contrário do imaginário popular, os hackers não são criminosos. São desenvolvedores que se dedicam, com intensidade fora do comum, a conhecer e entender profundamente sistemas, programas, dispositivos e redes de computadores”, conceitua o gerente de projetos de Inovação do GAE, Felipe Oliveira, ao pontuar que serão 24 horas de uma intensa e desafiadora maratona no Hack In Arena.

A previsão, conforme os organizadores, é que sejam disponibilizadas 120 vagas para o Front In Cuiabá e 80 vagas o Hack In Arena. Segundo eles, em breve devem estar disponíveis nos sites oficiais informações sobre a inscrição e a programação.

#SWCUIABÁ II

O diálogo entre o Governo de Mato Grosso e representantes do setor de inovação do Estado, formado por entidades civis, Startup MT, DEV-MT e outros parceiros locais, continua para que também seja promovida em 2016 a segunda edição do Startup Weekend Cuiabá. A novidade neste ano é a realização de três edições do #SWCUIABA. Além de Cuiabá, as regiões Norte e Sul do Estado devem sediar o maior encontro de startups do mundo. A previsão é de que elas ocorram no segundo semestre de 2016.