Pular para o conteúdo
Voltar

MTI recebe reconhecimento da Defensoria Pública de Mato Grosso por serviços prestados

"Hoje estamos com um portal bem organizado e atendendo aos requisitos da Lei de Transparência"
Thaís Olegário | MTI

MTI recebe Defensoria Pública do Estado - Foto por: Thaís Olegário
MTI recebe Defensoria Pública do Estado
A | A

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) recebeu, na tarde de terça-feira (26.10) o 1° subcorregedor geral da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, Carlos Eduardo Roika, que agradeceu aos seus servidores pelos serviços prestados. O reconhecimento se deu pela eficiência da empresa de tecnologia no atendimento, especificamente à Corregedoria-Geral, pelas alterações e inclusões de dados estatísticos, necessários à atualização do site da Defensoria Pública.

Na visita, Roika e equipe fizeram questão de agradecer pessoalmente ao diretor-presidente da MTI, Cleberson Antônio Sávio Gomes; ao diretor de Tecnologia da Informação, Cirano Campos Soares: à Gerência Comercial, por meio de Marcos Roberto Amaral Silveira; e os analistas responsáveis pelo desenvolvimento do site, Eduardo Granzoto, da Gerência de Soluções Estratégicas Estruturantes (GSES) e Tiago Ribeiro Machado, da Unidade de Gestão de Solução de Software e Sustentação (UGSOF).

Segundo Carlos Roika, foi feito um requerimento formal à MTI para auxílio nestas mudanças e atualizações do site. “Fizemos questão de vir pessoalmente agradecer a presteza e a celeridade, com que fomos atendidos pelos servidores da MTI. Hoje estamos com um portal bem organizado e atendendo aos requisitos da Lei de Transparência da melhor forma. Por isso, deixo aqui os nossos parabéns para a equipe que se articulou em meio as inúmeras demandas para nos atender”, elogiou.

Para o diretor-presidente da MTI, Cleberson Antônio Sávio Gomes, é de muita valia receber este tipo de feedback. “É com muita alegria, que a gente recebe um retorno positivo sobre a prestação do nosso trabalho. Na maioria das vezes, a gente é sempre questionado pelas coisas que não estão indo muito certo ou por aquilo que temos que ajudar a resolver. Então, quando recebemos um elogio como este é motivador, é mérito da equipe, das pessoas. Mexemos com máquinas, mas somos seres humanos, profissionais que queremos ser reconhecidos pelos nossos esforços, por nossa capacidade de entregas. Deixo aqui também o reconhecimento aos nossos colaboradores, que trabalharam em equipe, deixando claro, em suas ações, a missão da empresa”, afirmou.

Quanto ao projeto de alteração do layout do site do órgão, onde atualizaram o organograma, o site precisava atender a Lei de Transparência, com a equipe do órgão reduzida. Então, foi feita a parceria.  Segundo o analista Eduardo Granzotto, ele e Tiago fizeram um levantamento de acordo com a documentação enviada pela Defensoria. Em cima disso, foi feita a apresentação, a qual o órgão gostou.

“Foi tudo baseado no requerimento deles. Unimos forças para entregar com agilidade, qualidade e usabilidade. Receber esse retorno é de suma importância para nós. Nos motiva, deixa a gente feliz em saber que nossas entregas fazem a diferença”, disse o profissional lembrando ainda que o reconhecimento não se dá apenas pelo salário, mas pela diferença que o funcionário faz.