Pular para o conteúdo
Voltar

Aplicativo MT Cidadão é finalista em premiação nacional sobre tecnologia em gestão pública

A premiação visa reconhecer ações que melhoram a vida do cidadão e da gestão pública através da tecnologia da informação e comunicação
Gustavo Nascimento | MTI

- Foto por: Assessoria Detran-MT
A | A

O App MT Cidadão é um dos finalistas da 19ª edição do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov), promovido pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep-TIC), em parceria com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. A premiação visa reconhecer ações de tecnologia que melhoram a vida do cidadão e da gestão pública.

Nesta sexta-feira (19.11), a Abep-TIC informou que o projeto “MT Cidadão: Integrando o Estado e aproximando o cidadão com uma estratégia de transformação digital por meio de aplicativo com design centrado no cidadão e soluções tecnológicas inspiradas na Estônia”, o país mais digital do mundo, é um dos finalistas da 19ª edição do Prêmio e-Gov.

Os vencedores serão anunciados no dia 8 de dezembro, em Vitória (ES), na abertura da 49ª edição do Seminário Nacional de TIC para Gestão Pública (SECOP). O Prêmio e-Gov é a mais importante premiação de TIC para a gestão pública do país.  Podem participar projetos de TIC de órgãos, entidades e empresas públicas federais, estaduais e municipais que ofereçam soluções para os serviços públicos digitais, tornando-os mais efetivos e facilitando a vida da população.

As iniciativas submetidas à premiação devem seguir critérios como ineditismo, aperfeiçoamento de serviços públicos, democratização do acesso, segurança e privacidade dos dados do cidadão, comprovação de resultados e possibilidade de replicação. O projeto classificado para o 1º lugar receberá R$ 10 mil.

O gerente da Unidade de Gestão Estratégica de Projetos da MTI, Sócrates Barros, será o responsável por realizar a apresentação final do projeto durante a solenidade. “Ser finalista de um prêmio tão importante a nível nacional como o Prêmio E-gov, demonstra a potencialidade e a força da MTI em Inovar. Esse poder de inovação se preza em mecanismos para prover tecnologia e produtos inovadores para o Estado, se empenha em trabalhar em um produto com foco final no cidadão e a buscar parceiros com tecnologia de primeiro mundo  para ser aplicada em benefício da sociedade mato-grossense”, afirmou.

Segundo o gerente, essa posição também representa o apoio e a visão da diretoria da empresa em buscar tecnologias inovadoras. ”É o resultado de um trabalho árduo desempenhado pela MTI a fim de promover uma transformação de processos, metodologias, entendimento e tecnologias focadas no cidadão”.

O MT Cidadão é uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso que visa ampliar a transparência e prestação de serviços ao cidadão. Desenvolvido e mantido pela Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI), é uma plataforma que disponibiliza em um só lugar vários serviços digitais essenciais e relevantes para o cidadão.

Conforme o diretor-presidente da MTI, Antônio Marcos de Oliveira, atualmente a plataforma conta com 77 serviços digitais disponíveis, 335 mil usuários ativos e 18,2 milhões de acessos.

Uma vez autenticado, o cidadão acessa serviços públicos personalizados e otimizados para o seu dia a dia.

Em um só local e através de dados do Departamento Estadual de Trânsito, Secretaria de Estado de Fazenda, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado de Educação, e Procuradoria Geral do Estado o cidadão pode:

Conferir informações básicas do veículo; consultar débitos registrados para IPVA, licenciamento e Seguro DPVAT; verificar infrações registradas, aviso de Dívida Ativa; solicitar PID (Permissão Internacional para Dirigir); emplacamento; solicitar Intenção de venda, transferência, troca para Placa Mercosul; solicitar RG digital; renovação, segunda vida e CNH definitiva, chamar serviços de emergência da SESP; consultar informações da vida acadêmica dos alunos, entre outros serviços digitais.

“Mato Grosso foi o terceiro Estado que mais evoluiu na oferta de serviços digitais em 2020/2021, saindo da 24ª para a 12ª colocação no ranking da Abep-TIC. E isso é graças ao trabalho desenvolvido junto ao MT Cidadão”, concluiu.