Pular para o conteúdo
Voltar

MTI inicia as atividades do Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional

Gustavo Nascimento | MTI

- Foto por: Assessoria
A | A

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) iniciou as atividades do Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional. O programa visa elevar a qualidade de vida dos funcionários e colaboradores da empresa, reduzindo riscos com ações preventivas.

Nesta semana, a empresa vencedora do processo licitatório, Equipe Medicina e Segurança no Trabalho, começou as atividades com a avaliação médica dos funcionários da MTI. Um consultório foi montado na sede da MTI exclusivamente para o programa.

De acordo com o médico do trabalho, Daoud Abdallah, a equipe vai realizar uma avaliação prévia com todos os funcionários da empresa para poder definir um plano de ações personalizado para as reais necessidades dos funcionários da MTI.

“No primeiro momento, realizaremos a avaliação de todos os funcionários da empresa, estudo do ambiente e condições de trabalho. Medindo esses fatores, criaremos os indicadores e um plano de ação para elevar a qualidade de vida de todos”, explicou.

A partir de agora, os exames periódicos individuais obrigatórios (incluindo os admissionais e demissionais) serão agendados e realizados no consultório instalado na MTI em três dias da semana (segunda, quarta e sexta-feira), entre às 8h e 11hs.

Os colaboradores que estiverem em regime de teletrabalho também terão exames agendados previamente. A exceção permanecerá apenas para os trabalhadores afastados por serem do grupo de risco do coronavírus (COvid-19).

A expectativa é que as atividades laborais na sede se iniciem no mesmo período do retorno de todas as atividades presenciais na unidade.

Para o diretor presidente da MTI, Antônio Marcos de Oliveira, o Plano é mais um passo importante para o futuro da instituição. “Nós queremos uma MTI cada vez mais forte e saudável e isso passa pela saúde dos nossos amigos e colegas de trabalho. Toda atenção e cuidado com a saúde serão sempre bem vindas”.

As ações do programa seguem as Normas Regulamentadoras 7 (NR7) e 9 (NR 9) do Ministério do Trabalho, que estabelecem a elaboração e implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores e do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, visando à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho.