Pular para o conteúdo
Voltar

Evento debate inteligência artificial na fiscalização de estabelecimentos comerciais

Gustavo Nascimento | MTI

- Foto por: Assessoria
A | A

A 11ª edição do Café Tech debateu a utilização de inteligência artificial e ferramentas de inteligência analítica na fiscalização de estabelecimentos e comércios de Mato Grosso. A tecnologia pode dar mais transparência, além de agilizar e facilitar o processo de fiscalização dos contribuintes.

O Café Tech é uma iniciativa criada pela Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) para disseminar a cultura da inovação entre os colaboradores da empresa. A edição realizada nesta quarta-feira (22.07) é continuação da série de debates sobre “machine learning”, um subcampo da Engenharia e da ciência da computação que estuda algoritmos, padrões e teorias do aprendizado computacional em inteligência artificial.

Quem coordenou o bate-papo desta edição foi o analista de TI, que atua na Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Brunno Peralta Martins. Segundo ele, este é um dos assuntos que mais tem movimentado as comunidades de TI no mundo.

“Empresas, entidades e organizações produzem cada vez mais informação e em um volume muito grande. Por conta disso, os avanços nas ferramentas que auxiliam nesse processo foi muito grande. Se comparar o landscape (panorama) de um ano para o outro, percebe que o número de ferramentas aumenta muito”, afirmou.

Conforme o analista, o objetivo do bate-papo era mostrar as estratégias e tecnologias de TI utilizadas para padronizar, agilizar e facilitar o processo de fiscalização dos contribuintes do Estado. ”Envolve conceitos e ferramentas de Business Inteligence, análise e cruzamento dos dados gerados pelos contribuintes de Mato Grosso”.

Café On-line

Em virtude das normas de distanciamento social adotadas em Mato Grosso para enfrentamento da pandemia do coronavírus, as últimas edições do Café Tech foram todas realizadas de forma não presencial, o que tem motivado os colaboradores a participar ainda mais.

“Eu achei interessante porque, em algumas situações, deixamos de participar por não poder deixar o posto de trabalho. Quando voltar a ser presencial, acredito que devemos manter a transmissão pela web”, afirmou o analista.

Para realizar o Café Tech online a MTI utiliza os recursos do MTI G Suite, uma das mais completas ferramentas de trabalho colaborativo que existem no mundo. Atualmente, as ferramentas da plataforma se tornaram grandes aliadas da produtividade durante tempos de distanciamento social e home office.

O MTI G Suite é resultado da parceira estratégica entre a MTI e a Google RW3 e está disponível para órgãos do Poder Executivo atendidos pela MTI e pode ser acessado em desktops, notebooks, tablets e smartphones. A versão corporativa da ferramenta também está disponível para ser comercializada pela MTI. Para mais informações, clique aqui.