Pular para o conteúdo
Voltar

MTI adota teletrabalho e novas medidas de prevenção durante a Pandemia do Coronavírus

Assessoria | MTI

- Foto por: Assessoria
A | A

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) adotou novas medidas de prevenção e segurança durante o enfrentamento da pandemia do coronavírus (COVID-19). Aproximadamente 80% dos colaboradores e funcionários da empresa estão trabalhando de casa, atuando em regime de teletrabalho.

As novas medidas foram tomadas em comprimento ao decreto estadual nº 527, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), da última segunda-feira (22.06). O decreto estabeleceu que órgãos e empresas públicas mantenham um mínimo de 20% dos servidores em atividade presencial, nos municípios com classificação de risco muito alta, em dois Boletins Informativos consecutivos da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A medida visa restringir o número de trabalhadores nas secretarias, autarquias e empresas públicas para conter a disseminação da Covid-19.

O decreto também alterou o horário de expediente dos trabalhadores. Nos dias em que estiverem participando do revezamento e comparecendo presencialmente a MTI, a carga horária laboral permanece das 07h30 às 13h30.

Já quando estiverem em regime de teletrabalho, os funcionários deverão estar à disposição durante o período normal, ou seja, oito horas diárias. A medida também vale para quem faz parte do grupo de risco e atua exclusivamente em trabalho remoto.

A circulação de pessoas sem o uso de máscara facial, mesmo que seja artesanal, permanecer proibida. Os atendimentos permanecem sendo realizados, preferencialmente, por meio eletrônico ou via telefone, e quando isso não for possível, os atendimentos presenciais deverão ser agendados visando evitar aglomerações.