Pular para o conteúdo
Voltar

MTI promove formação para capacitar gestores e disseminar boas práticas

Os gerentes serão os encarregados de apresentar as boas práticas implantadas em cada setor
Karine Miranda | MTI

MTI dissemina boas práticas de gestão e inovação a todos os colaboradores - Foto por: Assessoria/MTI
MTI dissemina boas práticas de gestão e inovação a todos os colaboradores
A | A

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) iniciou nesta quinta-feira (28.11) a segunda fase da série de reuniões de formação gerencial destinadas exclusivamente aos responsáveis por unidades e gerências da empresa.  Agora, os gerentes serão os encarregados de apresentar as boas práticas implantadas em cada setor aos demais participantes.
 
As reuniões de formação gerencial estão ocorrendo há um mês com o objetivo de melhorar o diálogo e promover a mudança de mindset dos colaboradores, além de melhorar os resultados.  Isto porque todo líder de equipe precisa aperfeiçoar constantemente sua capacidade de gerar competências e habilidades, de acordo com o vice-presidente da MTI, Cleberson Gomes.

Ele lembra que a primeira fase da formação buscou fortalecer a equipe gerencial, além de apresentar as atividades desenvolvidas pelas quatro gerências e unidades ligadas diretamente à vice-presidência: Gestão Estratégica de Governança, Inovação, Projetos e Negócios.

Foram apresentadas todas as normativas, decretos e planos que regem o trabalho dentro da MTI, as parcerias estratégicas e seu processo de formalização; o rol de projetos desenvolvidos na empresa, além dos trabalhos da Unidade de Negócios.

“No primeiro momento passamos pelas camadas estratégicas e fizemos uma série de conceitos que podemos utilizar. Agora nós vamos mudar. Quem vai fazer a apresentação são vocês. A partir do próximo encontro, nós vamos indicar os requisitos que devem ser apresentados e vocês irão multiplicar para suas equipes”, disse Cleberson, durante a reunião.

As apresentações feitas pelos gerentes deverão seguir três requisitos básicos e ter duração de, no máximo, 20 minutos, de acordo com o gerente da Unidade de Gestão Estratégica de Governança (UGGOV), Ideraldo Bonafé, responsável pela condução das reuniões. 


 Gerente da Unidade de Governança, Ideraldo Bonafé, apresenta a ferramenta Radar da Gestão

Ele explica que as apresentações deverão conter informações sobre como o gerente faz o gerenciamento e a distribuição de atividades no seu setor, sobre como ele promove a comunicação entre os colaboradores e como monitora suas ações.
 
Além disso, o gerente deve explicar quais as boas práticas utilizadas e quais os resultados obtidos, considerando os indicadores estabelecidos no Plano Estratégico da MTI e no Plano de Trabalho Anual (PTA), bem como a situação do mapeamento dos processos no respectivo setor.
 
“Esse segundo ciclo é para mostrar como as práticas de gestão estão sendo executadas dentro das gerências. É uma informação sintetizada, diminuída. É uma oportunidade de compartilhar o que cada setor está fazendo”, reforçou Ideraldo.
 
Radar da Gestão
 
Ainda durante a reunião, foi apresentado o Radar da Gestão, que é uma ferramenta criada pela Unidade de Gestão Estratégica de Governança e destinada exclusivamente aos responsáveis por unidades e gerências da empresa. Ela facilita o acesso desses profissionais às informações estratégicas e essenciais à MTI. Entre elas, as informações acerca do sistema de planejamento, de gestão, os resultados já obtidos e as boas práticas que são ou poderão ser utilizadas na MTI.
 
“Esse é um painel para ajudar vocês. Queremos que vocês abracem, incorporem e usem essa ferramenta.  Entramos em outro patamar para facilitar e disseminar informação e conhecimento”, disse Ideraldo.
 
Com o início da segunda fase da formação gerencial, novas reuniões entre os gerentes deverão ocorrer. Para que não atrapalhe o andamento dos trabalhos de cada gerência, as reuniões serão realizadas durante apenas uma hora por semana, agendada previamente.