Pular para o conteúdo
Voltar

Presidente da MTI realiza reunião gerencial para definir estratégias e assegurar viabilidade

O presidente Kleber Geraldino pediu a colaboração e o apoio dos servidores, a fim de assegurar a viabilidade técnica da empresa.
Karine Miranda | MTI

MTI
A | A

O presidente da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), Kleber Geraldino, realizou nesta sexta-feira (22.02) a primeira reunião com o novo corpo gerencial da empresa, formado após a alteração da estrutura organizacional da MTI. Na ocasião, o presidente pediu a colaboração e o apoio dos servidores, a fim de assegurar a viabilidade técnica da empresa.

A alteração da estrutura da MTI ocorreu no último dia 15, após o governador Mauro Mendes assinar o decreto nº 38/2019, que extinguiu 20 cargos comissionados e reduziu de quatro para duas diretorias: Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação, e Diretoria Administrativa.

De acordo com o presidente, foi mantida uma estrutura mínima para que a empresa possa prover os serviços de tecnologia com qualidade. No entanto, disse que será necessário o empenho de todos os servidores que a empresa possui, nas áreas técnica e administrativa, para que a MTI possa, no médio e longo prazos, continuar ofertando soluções e sistemas aos seus atuais 147 clientes.

“Vou precisar do apoio de todos. Incondicional. É fundamental que todos se engajem. O trabalho com tecnologia da informação não tem dia e nem horário. É a hora que chamar. Temos que mostrar resultado. Todo mundo é capaz. Eu preciso de todos para entregar o produto lá na frente. Nós confiamos em vocês e precisamos mostrar nosso resultado. Peço ajuda de todos para mudar a imagem da MTI”, disse.

Kleber Geraldino destacou ainda o esforço que a diretoria tem feito para demonstrar ao Governo Mauro Mendes a importância da MTI e de todos os projetos que a empresa tem em andamento. Somente com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) são 23 projetos - e a empresa atende ainda grandes secretarias, como as de Saúde e de Fazenda.

“Nós estamos trabalhando internamente, em paralelo com a comissão de viabilidade, para assegurar nossa viabilidade técnica. Temos nos reunido com o governador e repassado informações. Acredito que cada um esteja fazendo sua parte. No final, esperamos que o governador tome conhecimento da viabilidade técnica da empresa, pois somos uma empresa técnica, fundamental para manter a TI no Estado”, afirmou.

Ainda durante a reunião, houve a apresentação dos diretores Igor Serra e César Vidotto, responsáveis pelas Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação e Diretoria Administrativa, respectivamente, que explicaram sobre como será o funcionamento delas. A intenção é que todo o corpo gerencial tenha conhecimento de como será a estratégia de cada diretoria para que, posteriormente, ela seja compartilhada com as equipes.

Segundo o vice-presidente da MTI, Cleberson Gomes, a intenção é dar mais dinamicidade e agilidade às atividades desenvolvidas na empresa, de modo a ampliar a oferta de serviços com qualidade e assegurar a satisfação do cliente. Além disso, é criar parcerias estratégicas para garantir a sustentabilidade da empresa.

“Temos que ter estratégia. Vamos trabalhar de forma organizada. Estamos preocupados com isso e por isso vamos tomar uma série de iniciativas. Vamos ter que trabalhar dentro das equipes. Vamos medir a eficiência de cada um nas pontas“, encerrou.






Veja Também