Pular para o conteúdo
Voltar

Ferramenta da MTI permite ao Estado flexibilizar forma de pagamento de salários

A solução foi a primeira demanda que o atual Governo do Estado solicitou à MTI
Assessoria | MTI

- Foto por: MTI
A | A

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) implementou, no Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças do Estado (Fiplan), as adequações tecnológicas que permitirão ao Poder Executivo parcelar a folha de pagamento dos salários dos servidores públicos por faixa de valores ou percentuais.

A medida vai possibilitar a flexibilização dos pagamentos, de modo que todos os servidores possam receber os salários, ou parte deles, até o dia 10 do corrente mês, de acordo com o fluxo de caixa do governo e dentro do prazo constitucional.

Neste mês, o Estado concluiu o pagamento dos salários referentes a dezembro, por faixas de valores, no dia 30. No dia 10 receberam todos os aposentados e pensionistas, e os servidores que recebem até R$ 4 mil líquidos. Já os servidores que recebem até R$ 6 mil líquidos tiveram seus salários depositados no dia 24. Os demais receberam no dia 30.




Veja Também